0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2011-11-12 | Universidades: Arcebispo de Braga quer trazer religião para a «ribalta»

D. Jorge Ortiga convida ao diálogo entre cultura e fé, inaugurando jornadas promovidas pela Pastoral Universitária

Braga, 11 nov 2011 (Ecclesia) – O arcebispo de Braga afirmou hoje que a Pastoral Universitária, da Igreja Católica, pode trazer de novo a religião “para a ribalta”, através dos debates de reflexão académica.

D. Jorge Ortiga falava na sessão de abertura das II Jornadas da Cultura, promovidas pela Pastoral Universitária de Braga, onde falou também de “um dar as mãos entre a cultura e a fé”.

A iniciativa decorre no Auditório Vita daquela cidade, até sábado, subordinada ao mote ‘Sentido da Europa’ e aborda várias temáticas: “O Futuro das Universidades numa Europa em transformação”, “Atitudes, comportamentos e valores dos europeus”, “Laicidade e liberdade religiosa”, “Desafios à evangelização da Europa” e “Desafios à evangelização da Europa”.

Na sua intervenção, enviada à Agência ECCLESIA, D. Jorge Ortiga frisou que a Europa “carrega a responsabilidade histórica de ser pioneira em apontar um sentido para a humanidade, nesta pluralidade de diferenças”, mas antes disso, ela precisa de encontrar uma “unidade em si própria, da qual poderá brotar esse sentido”.

Nesta nova identidade europeia - “fruto da evolução das mais variadas dimensões” -, o arcebispo de Braga apontou algumas tonalidades da área religiosa: “agnosticismo”, “secularização e privatização da fé”, “globalização” e “escassez de vocações”.

Perante estas novas características, a Igreja sente “dificuldade em concretizar o humanismo como comunhão de pessoas”, admitiu D. Jorge Ortiga, porque “enfrenta muitas outras forças concorrentes a advogar e a impor o individualismo feroz, que procura a felicidade na autossatisfação e, quase instintivamente, se subjuga a forças consumistas que a economia impõe e a política não consegue controlar”.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar