0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2015-04-09 | Vaticano: Papa alerta para «aniquilação» sistemática de seres humanos

Francisco recebeu responsáveis católicos da Arménia, recordando sofrimentos deste povo

(Lusa)
(Lusa)

Cidade do Vaticano, 09 abr 2015 (Ecclesia) - O Papa Francisco disse hoje no Vaticano que o ser humano continua a ser capaz promover a “aniquilação” sistemático dos seus irmãos, falando durante uma audiência a responsáveis católicos da Arménia.

“Do íntimo do coração do homem podem soltar-se as forças mais obscuras, capazes de chegar a programar sistematicamente a aniquilação do irmão, de o considerar um inimigo, um adversário ou mesmo um indivíduo sem a mesma dignidade humana”, declarou.

Francisco falava perante o Sínodo Patriarcal da Igreja Arménia-Católica, por ocasião da Missa para os fiéis de rito arménio que vai decorrer este domingo, na Basílica de São Pedro, na qual será proclamado como doutor da Igreja São Gregório de Narek.

“Elevaremos a oração de sufrágio cristão pelos filhos e filhas do vosso amado povo, que foram vítimas há cem anos”, assinalou o Papa, numa referência ao chamado genocídio arménio, durante o Império Otomano.

Francisco espera que esta celebração, na festa da Divina Misericórdia, ajude todos a curar “todas as feridas” e a promover “gestos concretos de reconciliação e de paz entre as nações”, no respeito “pela verdade e a justiça”.

Neste contexto, a intervenção aludiu a regiões como Alepo, na Síria, que há 100 anos acolheram refugiados arménios e que agora são locais de “perigo” para a presença dos cristãos.

Francisco apelou ao diálogo entre as Igrejas cristãs da Arménia, unidas pelo “martírio e a perseguição” num “ecumenismo de sangue”.

O Papa argentino vai proclamar como doutor da Igreja São Gregório de Narek, um místico arménio oriundo do final do primeiro milénio e que se notabilizou pela sua escrita e doutrina.

Gregório de Narek (950-1005) é considerado o primeiro grande poeta arménio e um grande marco na literatura e reflexão cristã, autor entre outras obras do “Livro das Lamentações”, hoje traduzido em diversas línguas.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar