0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2015-03-24 | Vaticano: Papa critica «justiça sem misericórdia»

Seja na esfera civil ou na Igreja Católica, é preciso saber «dar esperança» às pessoas, realça Francisco

Ansa
Ansa

Cidade do Vaticano, 23 mar 2015 (Ecclesia) – O Papa sublinhou hoje no Vaticano, durante a missa na Casa de Santa Marta, que “não há justiça sem misericórdia” e destacou a importância de não julgar os outros “com rigidez”.

Ao longo da sua homilia, refere a Rádio Vaticano, Francisco deu como exemplo a passagem do Evangelho da “mulher adúltera” e a forma como “os escribas e fariseus” queriam aplicar a lei sem olhar à pessoa que tinham à sua frente.

Apesar de saberem que o destino da mulher seria ser apedrejada até à morte, os “juízes” não queriam saber, porque “tinham os seus corações corrompidos” e só viam “a letra da lei”, disse o Papa argentino.

“A lei dizia que tinha de ser assim: mas aqueles que a aplicavam não eram nenhuns santos, eles eram corruptos, corruptos com uma vida dupla, que condenavam as mulheres mas depois iam ter com elas para se divertirem. Hipócritas, como Jesus lhes chamou”, acrescentou.

Francisco lembrou ainda todos quantos hoje são também vítimas deste tipo de justiça, em que a “corrupção torna as pessoas incapazes de compreenderem o valor da misericórdia”, quer “na esfera civil quer na da Igreja”.

Pessoas que se deparam com outras que são incapazes de “amenizar o seu sofrimento ou de dar esperança às suas almas”, que “punem os outros pelos pecados que eles próprios escondem no seu íntimo”.

“Tudo isto é devido à falta de misericórdia”,concluiu.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar