0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2014-11-13 | Vaticano: Francisco elogia exemplo dos pobres que sabem rezar e ajudar o próximo

Papa diz que Reino de Deus cresce no silêncio e sem espetáculo

OR
OR

Cidade do Vaticano, 13 nov 2014 (Ecclesia) - O Papa elogiou hoje no Vaticano as pessoas que, apesar de chegarem “ao fim do mês só com meio euro”, se lembram sempre de rezar e de cuidar da sua família, afirmando que ali está o “Reino de Deus”.

“Quando pensamos na perseverança de tantos cristãos, que tomam conta da família - homens, mulheres -, que cuidam dos filhos, que cuidam dos avós e chegam ao fim do mês só com meio euro, mas rezam, aí está o Reino de Deus, escondido, nessa santidade da vida quotidiana, nessa santidade de todos os dias”, disse, na homilia da Missa desta manhã, na capela da Casa de Santa Marta.

Francisco sublinhou que o crescimento deste reino “não chama a atenção”, “não é um espetáculo”, mas uma “grande festa”.

“O espetáculo é muitas vezes a caricatura do Reino de Deus”, alertou.

Neste contexto, o Papa referiu que nalgumas celebrações, como nos casamentos, as pessoas vão para “um desfile de moda, para se fazerem ver” em vez de se prepararem para receber um Sacramento.

“O Reino de Deus é silencioso, cresce por dentro, o Espírito Santo fá-lo crescer com a nossa disponibilidade, na nossa terra, que nós temos de preparar”, indicou.

Francisco recordou ainda que os católicos esperam o regresso de Jesus e que nesse dia o Reino de Deus “fará barulho, como os relâmpagos”, no dia do “Filho do homem” - uma das expressões que Jesus utilizava nos Evangelhos para se referir a si próprio.

Segundo o Papa, até esse dia, o Reino de Deus constrói-se com “o sofrimento, a cruz, a cruz quotidiana da vida - a cruz do trabalho, da família, de fazer bem as coisas”.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar