0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2014-09-03 | Síria: Cáritas mostra rosto de crianças refugiadas

Conflito deixou sem casa quatro menores, a cada minuto

CI
CI

Lisboa, 02 set 2014 (Ecclesia) - A confederação internacional da Cáritas criou uma secção especial no seu sítio na internet para mostrar o rosto das crianças refugiadas que fogem do conflito na Síria.

Segundo os dados da ‘Caritas Internationalis’, quatro crianças foram“obrigadas a deixar a sua casa” em cada minuto de guerra.

O conflito iniciado em março de 2011 levou três milhões de pessoas a sair da Síria, “mais de metade das quais são crianças”.

Os retratos e testemunhos apresentados pela Cáritas querem mostrar “a tragédia da guerra civil síria através dos olhos das suas crianças”, agora a viver no Líbano.

“Elas passaram por horrores que ninguém, em especial uma criança, deveria ter de testemunhar”, acrescenta a organização católica para a solidariedade e ação humanitária.

Batoul, de cinco anos, diz que as suas memórias da Síria são as “bombas” e Samira, de oito, recorda como um fragmento de bomba “atingiu diretamente o coração” de um pequeno amigo.

Dos mais de 1,5 milhões de menores sírios refugiados em países fronteiriços, 425 mil têm menos de cinco anos de idade.

A ‘Caritas Internationalis’ contabiliza pelo menos duas mil crianças com menos de nove anos entre os mais de 190 mil mortos que o conflito provocou até ao momento; oito mil crianças chegaram às fronteiras da Síria sem os seus pais.

organização auxilia 300 mil menores refugiados e permite que 60 mil crianças sírias possam frequentar a escola no Líbano.

Os refugiados sírios no estrangeiro oficialmente registados pelo Alto Comissariado da ONU são mais de três milhões, aos quais se somam mais de seis milhões e meio de deslocados internos.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar