0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2011-10-25 | Voluntariado: Fraternidade de Nuno Álvares reuniu 250 antigos escuteiros em jornada nacional

Participantes debateram abertura a associados que não pertenceram ao Corpo Nacional de Escutas e discutiram centralização de actividades

Aveiro, 24 out 2011 (Ecclesia) – A Fraternidade de Nuno Álvares (FNA), associação de antigos filiados no escutismo católico do Corpo Nacional de Escutas, realizou este sábado uma jornada dedicada ao tema “Ano da Afirmação”, que contou com a presença de quase 250 pessoas.

O encontro nacional, realizado em Aveiro, pretendeu que os dois mil associados passem a falar “a uma só voz” sobre a natureza e objectivos da instituição, respondendo a “alguma confusão” neste domínio, explicou hoje à Agência ECCLESIA o presidente nacional da FNA, Jorge Caria.

A assembleia questionou se a Fraternidade “não está a perder alguns valores pelo simples facto de apenas admitir elementos que um dia foram escuteiros”, tendo o responsável referido que a abertura da instituição a pessoas que não passaram formalmente pelo Corpo Nacional de Escutas é um assunto “polémico”.

Os presentes debateram a possibilidade de a colaboração da FNA em iniciativas de solidariedade, como campanhas do Banco Alimentar Contra a Fome e parcerias com Santas Casas de Misericórdia, serem preparadas a nível central.

“Temos muitas acções de voluntariado espalhadas pelo país mas carecem, possivelmente, de uma coordenação mais global”, afirmou Jorge Caria, acrescentando que se essas iniciativas fossem “organizadas a nível nacional” e antecedidas por uma “pequena formação”, os resultados “seriam muito mais profícuos”.

As propostas colocadas no decorrer dos quatro painéis do encontro, “mística e vida escutista”, “cidadania e serviço voluntário”, “ambiente, natureza e ecologia” e “animação da fé”, vão ser distribuídas aos membros da FNA, e as que assim o justificarem serão votadas no órgão máximo da associação.

A instituição, cujo percurso tem sido marcado por “alguns incidentes de permeio”, debate-se com a falta de um padre assistente a nível nacional, decorrendo conversações com um sacerdote para “tapar uma lacuna que a Fraternidade tem há muito tempo”, adiantou Jorge Caria.

A FNA, cujas origens remontam a 1939, reiterou a disponibilidade para continuar a colaboração com o Corpo Nacional de Escutas, designadamente em grandes eventos ao nível do abastecimento, administração e segurança.

Segundo o responsável, a actividade mais importante da Fraternidade de Nuno Álvares para 2011-12 é o acampamento nacional, marcado para 19 a 22 de Julho em Penha, Guimarães.

Antes, a 5 e 6 de Novembro, a FNA participa nas comemorações do seu patrono, São Nuno de Santa Maria, e nos dias 26 e 27 do mesmo mês integra-se na campanha “Um milhão de carvalhos na Serra da Estrela”, com vista à reflorestação de áreas onde ocorreram incêndios.

Fonte: Agência Ecclesia
<<< Voltar