0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2014-05-14 | Papa reza por mineiros mortos na Turquia

Francisco recordou ainda imigrantes naufragados no Mediterrâneo e elogiou «santos escondidos» da Igreja

Cidade do Vaticano, 14 mai 2014 (Ecclesia) – O Papa Francisco recordou hoje no Vaticano os mineiros mortos na Turquia, por quem rezou, e os imigrantes naufragados no Mediterrâneo, pedindo o fim destas “tragédias vergonhosas”.

“Caros irmãos, convido-vos a rezar pelos mineiros que ontem [terça-feira] morreram na mina de Soma, na Turquia, e pelos que ainda se encontram presos nas galerias. Que o Senhor acolha os defuntos na sua casa e dê conforto aos seus familiares”, disse, perante dezenas de milhares de pessoas reunidas para a audiência pública semanal, na Praça de São Pedro.

As autoridades turcas confirmaram a morte de 201 pessoas, mas pelo menos 300 mineiros continuam presos numa mina da província turca de Manisa, na zona ocidental do país, na sequência de uma explosão que provocou um incêndio.

O Papa pediu também as orações dos peregrinos pelas pessoas que morreram no Mediterrâneo, a caminho da Europa, dois dias depois de um naufrágio a 40 milhas da costa da Líbia ter provocado pelo menos 17 mortos.

“Que se coloquem em primeiro lugar os Direitos Humanos - rezemos por isto – e se unam forças para prevenir tragédias vergonhosas”, disse, numa intervenção saudada pelas palmas dos presentes.

A catequese de Francisco foi dedicada ao dom da “fortaleza”, evocando os cristãos que “em muitas partes do mundo continuam a celebrar e a testemunhar a sua fé, com profunda convicção e serenidade”, resistindo mesmo quando sabem que isso pode “implicar um preço muito alto”.

“Isto suscita em nós uma profunda comoção e não é explicável de um ponto de vista humana, mas pela ação do Espírito Santo, que infunde fortaleza e confiança nas circunstâncias mais difíceis da nossa vida”, prosseguiu.

O Papa elogiou os “santos do dia a dia, santos escondidos” que “honram” a Igreja com a sua força.

“Agradeçamos ao Senhor por estes cristãos que são santos escondidos, mas é o Espírito, dentro, que os leva em frente”, declarou.

Francisco deixou ainda uma saudação a todos os peregrinos de língua portuguesa: “Este mês de Maria convida-nos a multiplicar diariamente os atos de devoção e imitação da Mãe de Deus. Rezai o terço todos os dias”.

“Deixai a Virgem Mãe possuir o vosso coração, confiando-lhe tudo quanto sois e tendes! E Deus será tudo em todos... Assim Deus vos abençoe, a vós e aos vossos entes queridos”, concluiu.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar