0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2014-05-08 | Vaticano no Salão do Livro de Turim

Santa Sé é «convidada de honra» em iniciativa que vai decorrer até 12 de maio

Cidade do Vaticano, 08 mai 2014 (Ecclesia) –A Santa Sé é a convidada de honra da edição 2014 do Salão Internacional do Livro de Turim, Itália, iniciativa que decorre entre hoje e segunda-feira.

Segundo o cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício da Cultura, a presença da Santa Sé quer ser uma espécie de “clínica da alma”, com um “programa muito articulado, muito variado”.

O stand do Vaticano fica no terceiro pavilhão do complexo e vai receber eventos de caráter cultural e artístico, em volta de temas religiosos e espirituais.

A “pré-inauguração” decorreu esta quarta-feira com um discurso do cardeal Ravasi e a presença da Capela Musical Pontifícia Sistina, que hoje vai atuar pela primeira vez num “ambiente completamente laico”, dado que habitualmente apenas canta perante a presença do Papa, como sublinhou o presidente do CPC.

A Santa Sé é pela primeira vez “convidada de honra” de um certame que já teve também como participantes especiais países como Portugal, Espanha, Brasil, Egito, Rússia e Índia.

O cardeal italiano destacou o encontro internacional de editoras religiosas, na sexta-feir, antes de um evento dedicado ao diálogo entre crentes e não-crentes, com a participação de uma “personalidade de relevo”, cujo nome será revelado posteriormente.

No domingo terá lugar o programa “institucional”, com a presença do secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, numa intervenção dedicada ao primeiro ano de pontificado do Papa Francisco.

O stand da Santa Sé tem a forma de uma cúpula feita de livros e conta com a presença dos Museus, da Livraria, da Biblioteca e do Arquivo Secreto do Vaticano.

Para o coordenador do Salão Internacional do Livro de Turim, Rolando Picchioni, esta não é uma presença “fora do comum”, destacando a “maravilhosa variedade com que a mensagem e o magistério da Igreja se refletem nas obras de pensamento, reflexão e criação literária e artística”.

O responsável editorial do certame, Ernesto Ferrero, espera que a participação da Santa Sé ajude a aprofundar o debate sobre “o significado atual de conceitos como tempo, história, beleza, criatividade, ego e outros”.

A par deste stand, a Santa Sé vai ser responsável por um conjunto de iniciativas, desde colóquios a debates, passando por sessões de leitura, destinadas a possibilitar às pessoas uma melhor compreensão da herança histórica e cultural do Estado do Vaticano.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar