0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2014-03-18 | Semana de EMRC ao ritmo do Papa Francisco

Semana de EMRC ao ritmo do Papa Francisco

Lisboa, 18 mar 2014 (Ecclesia) – A semana nacional de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) 2014, a realizar de 31 de março a 4 de abril, vai ter este ano como tema central ‘Pelos caminhos de Francisco…’.

Com a aproximação da Páscoa, o Secretariado Nacional da Educação Cristã pretende contribuir “para uma maior aproximação dos alunos aos valores de uma vida nova trazida por Jesus, reconhecendo o quanto ele pode dar sentido à sua própria vida”.

Acompanhando o “pulsar da sociedade” perante a figura do Papa Francisco, a disciplina de EMRC propõe-se levar “à escola um melhor conhecimento deste Papa em particular e do ministério papal em geral, assim como da sua importância para a Igreja e para o mundo”, sublinham os promotores desta semana.

A apresentação da iniciativa destaca o modo como o Papa argentino "dá testemunho dos valores evangélicos da alegria, da humildade, da simplicidade, da doação aos outros e do cuidado para com os mais desfavorecidos".

Francisco "rapidamente captou a atenção mundial, desde os mais novos aos mais velhos, entre crentes e não crentes, sendo frequentemente figura de destaque em órgãos de comunicação de referência mundial".

“Valorizar a opção pela EMRC”, “promover a qualidade das relações humanas na comunidade educativa” e “estimular a criatividade no testemunho dos valores humanos e cristãos” são alguns objetivos deste projeto.

Para isso,sugerem-se algumas atividades a realizar nas escolas, “umas com um caráter mais lúdico e outras mais de análise ou estudo documental”

Com o intuito de envolver os educandos e educadores na semana nacional de EMRC, o Secretariado Nacional da Educação Cristã propõe várias iniciativas que vão desde a pintura, jogos de tabuleiro e um guião para um 'peddy paper'.

Através destas atividades, a entidade promotora espera que a “criatividade e envolvimento profissional, pessoal e eclesial”, consigam fazer com que os alunos, “conheçam melhor o Papa e os valores do Evangelho de Cristo de que é testemunha”, conclui.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar