0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2014-02-25 | Vaticano: Papa escreveu uma carta às famílias sobre o Sínodo dos Bispos

Francisco pede oração por uma assembleia que poderá ajudar a definir «meios pastorais adequados aos desafios atuais» das comunidades

Cidade do Vaticano, 25 fev 2014 (Ecclesia) – O Vaticano publicou hoje uma carta que o Papa dirigiu às famílias, no âmbito do próximo Sínodo dos Bispos que, em outubro, será dedicado aos “desafios pastorais sobre a família no contexto da evangelização”.

Segundo a sala de imprensa da Santa Sé, Francisco realça que, através daquela assembleia extraordinária, a Igreja Católica poderá realizar “um verdadeiro caminho de discernimento” e definir “os meios pastorais adequados para ajudar as famílias a enfrentarem os desafios atuais, com a luz e a força que provêm do Evangelho”.

“Efetivamente, hoje, a Igreja é chamada a anunciar o Evangelho, enfrentando também as novas urgências pastorais que dizem respeito à família”, escreve o Papa, sublinhando que esta é uma tarefa que deve envolver “todo o povo de Deus”, desde “bispos, sacerdotes, e pessoas consagradas” até aos “fiéis leigos das Igrejas particulares do mundo inteiro”.

Para preparar o Sínodo dos Bispos, que vai decorrer no Vaticano entre 5 e 19 de outubro, a Santa Sé enviou em novembro de 2013 um inquérito às famílias de todas as dioceses do mundo.

Na sua missiva, datada de 2 de fevereiro, dia da festa da Apresentação do Senhor, o Papa agradece a todos quantos colaboraram ou ainda estão a colaborar “ativamente” na preparação do evento, quer através de “sugestões concretas” quer também através da “ajuda indispensável da oração”.

Para Jorge Mario Bergoglio, “o apoio da oração é muito necessário e significativo” e por isso pede às “queridas famílias” que invoquem “intensamente o Espírito Santo, a fim de que ilumine os Padres sinodais e os guie na sua exigente tarefa”.

A apresentação da carta do Papa, esta terça-feira no Vaticano, esteve a cargo do presidente do Conselho Pontifício para a Família, D. Vincenzo Paglia.

O arcebispo italiano destacou o facto de, durante os últimos meses, o tema da Família ter estado, mais do que nunca, presente na mente e no coração da Igreja Católica.

Neste âmbito, a mensagem do Papa Francisco vem procurar “envolver as famílias na caminhada do Sínodo”, explicou aquele responsável católico, sublinhando ainda o papel central que as famílias sempre assumiram na vida da Igreja.

“Ninguém pode esquecer que foi uma rede de famílias que esteve na base da propagação do cristianismo, uma lição importante num tempo marcado pela procura de um novo fôlego missionário e de evangelização”,concluiu.

A assembleia extraordinária sinodal de outubro vai ser seguida, dentro de um ano, de uma assembleia ordinária dedicada ao mesmo tema da família e, ainda neste contexto, a cidade de Filadélfia, nos Estados Unidos da América, vai acolher um encontro mundial de Famílias, em setembro de 2015.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar