0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-09-17 | Papa pede amor e humildade aos políticos

Francisco diz que cristãos têm de rezar por quem governa

Cidade do Vaticano, 16 set 2013 (Ecclesia) – O Papa afirmou hoje no Vaticano que os políticos devem manifestar “humildade” e “amar o seu povo”, pedindo aos católicos que se comprometam neste campo.

“Um governante que não ama, não pode governar: quanto muito, poderá disciplinar, colocar um pouco de ordem, mas não governar”, assinalou Francisco, na homilia da missa a que presidiu esta manhã na capela da Casa de Santa Marta.

“Não se pode governar sem amor pelo povo e sem humildade”, insistiu, falando para quem tem um “serviço de governo”.

O Papa sublinhou, por outro lado, que os cristãos têm de “rezar pelos que estão no poder”, sem se desinteressarem pela vida política.

“Nenhum de nós pode dizer ‘não tenho nada a ver com isso, eles governam...’. Pelo contrário, eu sou responsável pelo seu governo e devo dar o melhor de mim para que eles governem bem e participar na política dentro das minhas possibilidades”, frisou.

Francisco recordou que segundo a Doutrina Social da Igreja, a política é uma das formas mais altas de caridade, porque serve ao bem comum.

“Eu não posso lavar minhas mãos. Todos devemos oferecer algo”, reforçou.

O Papa lamentou o hábito de “apenas falar mal dos governantes e criticar o que está errado”.

“Um bom católico empenha-se na política oferecendo o melhor de si, para que o governante possa governar. Mas qual a melhor coisa que podemos oferecer aos governantes? A oração”, observou.

Em conclusão, Francisco deixou um pedido aos presentes: “Rezemos pelos governantes para que governem bem, para que levem em frente a nossa pátria, a nossa nação e também o mundo, que exista paz e o bem comum”.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar