0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-07-19 | Áustria: Líderes religiosos debatem alternativas de diálogo e de paz

Conferência «Com Unity Spirit» aborda sobretudo problemáticas relacionadas com o espaço urbano, palco de diferentes credos e culturas

Cidade do Vaticano, 17 jul 2013 (Ecclesia) – A cidade austríaca de Graz acolhe até ao próximo sábado a conferência inter-religiosa “Com Unity Spirit”, que tem como grande objetivo promover a coexistência saudável de todos os credos e culturas no espaço urbano.

De acordo com o serviço informativo do Vaticano, a iniciativa conta “com a organização do Instituto Afro-Asiático, fundado pela Igreja Católica em 1964 para impulsionar o diálogo inter-religioso e intercultural através de projetos de pesquisa, de encontros e estudo e de conferências internacionais”.

O local escolhido para a realização do evento, Graz, é considerado há vários anos como um exemplo de comunhão e colaboração entre pessoas de diversas religiões, e acolheu em 1997 uma “Assembleia Ecuménica Europeia”.

Entre os cerca de 150 representantes religiosos presentes na conferência, encontram-se líderes da Igreja ortodoxa sérvia, da comunidade muçulmana da Bósnia e Herzegovina e também da comunidade judaica.

A atividade conta ainda com a presença de investigadores e peritos em matéria de diálogo inter-religioso, que vão procurar identificar alternativas que permitam a “construção de um ambiente de paz entre religiões”, sobretudo dentro do continente europeu.

No final da conferência será escrita uma mensagem final sobre o tipo de contributo que as comunidades religiosas “podem e devem ter”, no sentido de tornar as cidades e o ambiente urbano “mais acolhedor e respeitador dos valores humanos”, mais aberto às “diferentes religiões e culturas” e mais orientado para a defesa da “liberdade de todos os homens e mulheres”.

Depois de uma conferência inicial dedicada a “relação entre o poder político e o poder espiritual, à luz do Cristianismo”, o programa da conferência para os próximos três dias prevê ainda reflexões acerca de temas como “a liberdade religiosa enquanto direito universal” e “o papel sociopolítico das religiões na sociedade contemporânea”.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar