0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-07-10 | Vaticano: Papa concede indulgências aos participantes da Jornada Mundial da Juventude

Decreto foi assinado por cardeal português

Cidade do Vaticano, 09 jul 2013 (Ecclesia) – O Papa decidiu conceder indulgências a todos que viverem a próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ), “mesmo que espiritualmente”.

Francisco deseja que os jovens “possam obter os frutos esperados de santificação” pela participação na 28ª JMJ, refere o documento hoje divulgado pela sala de imprensa da Santa Sé.

A decisão foi anunciada após uma audiência concedida ao cardeal português D. Manuel Monteiro de Castro, penitenciário-mor da Santa Sé, na qual o Papa determinou que “que todos os jovens e todos os fiéis devidamente preparados pudessem usufruir do dom das Indulgências”.

decreto, relativo ao encontro juvenil que vai decorrer entre os dias 23 e 28 deste mês na cidade brasileira do Rio de Janeiro, foi assinado pelos responsáveis máximos da Penitenciária Apostólica.

A indulgência é definida no Código de Direito Canónico (cf. cân. 992) e no Catecismo da Igreja Católica (n. 1471) como “a remissão, perante Deus, da pena temporal devida aos pecados cuja culpa já foi apagada; remissão que o fiel devidamente disposto obtém em certas e determinadas condições pela ação da Igreja”.

Para receberem a indulgência plenária, os participantes têm de rezar pelas intenções do Papa, confessar-se e comungar.

Concede-se, ainda, a indulgência parcial aos fiéis “onde quer que se encontrem” que “com alma contrita, elevem fervorosamente orações a Deus” concluídas com a oração oficial da JMJ.

A 28ª Jornada Mundial da Juventude tem como lema ‘Ide e fazei discípulos de todos os povos’, expressão baseada no evangelho segundo São Mateus.

Esta será a segunda vez que uma cidade sul-americana acolhe a edição internacional da JMJ, depois de Buenos Aires (Argentina), em 1987, na primeira ocasião em que a iniciativa criada por João Paulo II (1920-2005) saiu de Roma.

O Papa Francisco vai participar nos atos conclusivos deste encontro internacional de jovens promovido pela Igreja Católica, naquela que será a sua primeira viagem ao estrangeiro desde o início do pontificado.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar