0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-06-20 | Igreja/Portugal: D. Manuel Clemente assume presidência da Conferência Episcopal

Novo patriarca vai desempenhar cargo provisoriamente até abril do próximo ano e tem como vice-presidente D. António Marto

Fátima, Santarém, 19 jun 2013 (Ecclesia) – D. Manuel Clemente, novo patriarca de Lisboa, foi hoje eleito em Fátima como presidente interino da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), até abril do próximo ano.

A decisão foi anunciada pelo organismo máximo do episcopado católico, em conferência de imprensa, e surge na sequência de uma Assembleia Plenária extraordinária convocada após a aceitação pelo Papa Francisco do pedido de resignação de D. José Policarpo, patriarca emérito e antigo presidente da CEP, a 18 de maio.

A assembleia “decidiu eleger um novo presidente que presida aos destinos da Conferência até às próximas eleições, previstas para os finais do mês de abril de 2014”, recaindo a escolha sobre D. Manuel Clemente, anuncia o organismo episcopal, em comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

O administrador apostólico da Diocese do Porto, que se prepara para tomar posse do Patriarcado de Lisboa, diz que vê a sua nova missão com "naturalidade" e deixa um apelo ao país, num tempo de crise: "A sociedade portuguesa bem precisa de mobilizar todos os seus recursos”.

Foi ainda eleito como vice-presidente o bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto; D. António Couto, bispo de Lamego, foi escolhido como vogal do Conselho Permanente da CEP, para completar o número de sete membros.

Os bispos aprovaram um “voto de congratulação” pelo serviço prestado à CEP por D. José Policarpo, que presidiu ao organismo por três ocasiões.

“Somos grandemente devedores à sua inteligência esclarecida e ao seu coração solícito, à sua capacidade de planear, de intervir e de concretizar iniciativas e programas. Na conclusão da sua missão como patriarca de Lisboa e presidente da Conferência Episcopal, os bispos de Portugal louvam a Deus e agradecem de coração por todo o bem feito à Igreja em Portugal, na fidelidade a Cristo e ao serviço de todos”, refere o texto.

Os membros da CEP estiveram reunidos entre segunda-feira e hoje na Casa de Nossa Senhora das Dores, do Santuário de Fátima, para participar nas Jornadas Pastorais do Episcopado, que este ano tiveram por tema ‘A organização da sociedade à luz da doutrina social da Igreja’.

Entre os convidados estiveram Manuel Braga da Cruz, João Carlos Espada, Hugo Chelo, Rui Ramos, António Barreto, Mário Pinto, João Salgueiro e Acácio Catarino.

“As comunicações foram muito apreciadas e constituíram um forte estímulo para valorizarmos na nossa vida pastoral a riqueza da doutrina social da Igreja, apreciada mesmo por pessoas que estão para além das fronteiras eclesiais e de tanta utilidade prática sobretudo nestes tempos de crise”, refere o comunicado final da Assembleia Plenária.

D. Manuel Clemente destacou a importância de se reforçar a "presença laical na sociedade" num momento em que é necessário construir "um país onde caibam todos"."

“A consistência da Igreja é sobretudo a do Povo de Deus no seu conjunto”, acrescentou.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar