0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-06-11 | Igreja/Cultura: Obras-primas do Vaticano vão ser expostas no Rio de Janeiro durante Jornada Mundial da Juventude

Organização acredita que mostra vai ser «catequese» para visitantes

Rio de Janeiro, Brasil, 11jun 2013 (Ecclesia) – O Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro inaugura a partir de hoje uma exposição de obras-primas do Vaticano, no âmbito da próxima Jornada Mundial da Juventude que decorre na ‘Cidade Maravilhosa’.

Amostra de arte religiosa, intitulada ‘Nas Pegadas do Senhor’, é, segundo especialistas, a mais importante já realizada na América Latina, refere o site das Jornadas, evento que decorre de 23 a 28 de julho com a presença, esperada, do Papa Bento XVI.

Os organizadores acreditam que os visitantes vão encontrar uma “catequese” feita por pintores e escultores que vivenciaram a história da arte religiosa.

A exposição, que fica patente de 11 de junho a 15 de setembro, obedece ao lema do encontro, “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”, e divide-se em quatro secções.

Na primeira, ‘Cristo: via de Salvação’, são apresentados temas como a‘Paixão de Cristo’, ‘Ressurreição’, ‘Incredulidade de Tomé’, ‘Cristo e a Adúltera’e a‘Parábola do Filho Pródigo’, com quadros assinados por Beato Angélico, Melozzo da Forlì, Leonardo da Vinci, Bernini e Correggio, entre outros.

A segunda parte, ‘Vocação e Missão dos Apóstolos’, inclui um díptico com Pedro e Paulo, do século III a IV, enquanto que a terceira secção, dedicada à Virgem Maria, cruza Ocidente e Oriente com obras de Miguel Ângelo, Pinturicchio e Perugino, além de ícones bizantinos.

Annibale Carracci, Guido Reni e Caravaggio são os criadores convocados para a última etapa da exposição, ‘Os Santos: modelos a imitar’, que compreende pinturas e relicários.

O diretor dos Museus do Vaticano, Antonio Paolucci, reuniu-se a 16 de janeiro com coordenadores da Jornada Mundial da Juventude e a diretora do Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, entre outros responsáveis.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar