0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-04-16 | Boston: Papa condena «tragédia sem sentido»

Francisco une-se aos bispos norte-americanos na reação às explosões que provocaram pelo menos três mortos e mais de uma centena de feridos

Lisboa, 16 abr 2013 (Ecclesia) – O Papa Francisco enviou hoje uma mensagem de condolências ao arcebispo de Boston, cardeal Cardinal Seán O'Malley, condenando a “tragédia sem sentido” na cidade norte-americana, atingida por duas explosões que causaram três mortos e mais de 140 feridos.

“No rescaldo desta tragédia sem sentido, sua santidade invoca a paz de Deus sobre os mortos, a sua consolação sobre os que sofrem e a sua força sobre os que estão empenhados no contínuo trabalho de socorro”, assinala o texto, assinado pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone.

Segundo este responsável, o Papa ficou “profundamente entristecido pelas notícias de perda de vidas e graves ferimentos causados pelo ato de violência causado na última tarde, em Boston”, manifestando a sua “solidariedade e proximidade na oração”.

“Neste período de luto, o Santo Padre reza para que todos os habitantes de Boston estejam unidos na determinação de não serem vencidos pelo mal” e trabalhem juntos para “construir uma sociedade cada vez mais justa, livre e segura”, refere o telegrama de condolências.

O cardeal Cardinal Seán O'Malley também condenou a “violência sem sentido” e recordouem comunicadoos que “experimentaram o trauma destes atos, em particular os entes queridos daqueles cujas vidas se perderam e dos que ficaram feridos, para além dos próprios feridos”.

As explosões foram registadas perto da linha da meta da Maratona de Boston, nos Estados Unidos da América (EUA), estando ainda por determinar se se tratou de um atentado terrorista.

O arcebispo de Boston diz que a cidade é “abençoada pela coragem e o heroísmo de muitos” que respondem em momentos a estes “trágicos acontecimentos”.

“No meio da escuridão desta tragédia, viramo-nos para a luz de Jesus Cristo, a luz que era evidente na vida das pessoas que foram imediatamente ajudar quem se encontrava em necessidade”, acrescenta.

O presidente da Conferência Episcopal dos EUA, cardeal Timothy Dolan, reagiu ao “trágico final” da Maratona de Boston, recordando que “o mal existe e que a vida é frágil”.

O arcebispo de Nova Iorque convida à oração pelos que morreram e os que ficaram feridos, bem como pelo “regresso da paz”, antes de deixar uma palavra de apreço pela ação dos que ajudaram nas operações de socorro.

“O crescimento da cultura de violência no nosso mundo e mesmo no nosso país pede a implementação de medidas sensatas de segurança por parte dos responsáveis governamentais e um exame por parte de todos nós para ver o que podemos fazer, pessoalmente, para promover a paz e o respeito pelos outros”, refere D. Timothy Dolan.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar