0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-03-26 | Semana Santa: Oportunidade de «atualização» da fé
Frei Filipe Rodrigues diz que os católicos são chamados a tornar presente na sua «história» a «libertação» que Cristo oferece




Lisboa, 26 mar 2013 (Ecclesia) – O frei Filipe Rodrigues, da Ordem dos Pregadores, convida os fiéis a fazerem da Semana Santa uma oportunidade de “atualização” da fé e de reflexão sobre aquilo que a Páscoa pode trazer de novo à vida de cada um.

Em entrevista ao Programa ECCLESIA, na Antena 1, o religioso dominicano salienta que o “mais importante” é que a vivência do Tríduo Pascal seja de facto “santa”, que as pessoas participem nas celebrações e procurem na Palavra de Deus “pistas” que permitam interpretar “a morte e ressurreição de Cristo” à luz dos acontecimentos atuais.

Mais do que recordar algo que “aconteceu há dois mil anos atrás”, os católicos são chamados a ver como é que “este ano”, nas “condições” em que estão, com tudo o que os envolve, conseguem acolher na sua “história” a “libertação” que Cristo oferece.

A partir das leituras que compõem a Semana Santa, o frei Filipe Rodrigues realça que “Jesus não vem cumprir com as aspirações das pessoas em relação ao Messias, vem cumprir a vontade de Deus”.

“O poder de Jesus, e a Semana Santa vai dizer isso a cada dia, é na Cruz. Jesus reina na Cruz e a sua coroa é de espinhos”, aponta o religioso, que chama a atenção para a simbologia contida na celebração do Domingo de Ramos.

Tal como Jesus foi acolhido em tom de festa e “alegria” em Jerusalém, apenas para ser depois rejeitado e entregue à morte, hoje também os católicos “muitas vezes aclamam Jesus, como Deus e Senhor e depois o vão traindo, através de erros, pecados e omissões”, salienta o dominicano.

No entanto, “em cada dia, ajudadas pelas leituras”, as pessoas têm a oportunidade de perceber que a atitude de Cristo é de “misericórdia” e não de repreensão, que as suas “últimas palavras são de perdão e reconciliação”.

Isto também deve ajudar as pessoas a encararem a Semana Santa com esperança e otimismo, “não como um caminho de morte mas de ressurreição”, reforça o frei Filipe Rodrigues.

A Semana Santa, ciclo litúrgico mais importante do calendário católico, recorda os momentos que antecederam a prisão e execução de Jesus e culmina na Páscoa, na qual se celebra a ressurreição de Cristo.

Até sexta-feira, às 22h45, o Programa ECCLESIA na Antena 1 vai apresentar uma reflexão sobre o significado destes dias, através das intervenções do frei Filipe Rodrigues.

Fonte: Agência Ecclesia
<<< Voltar