0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-03-19 | Vaticano: Cavaco Silva felicitou Francisco pelo início do seu pontificado

Presidente da República Portuguesa acompanhou missa inaugural do Papa argentino e teve ocasião de convidá-lo para visitar o país

Cidade do Vaticano, 19 mar 201 (Ecclesia) – O Papa Francisco recebeu hoje os cumprimentos do presidente da República Portuguesa e da restante delegação que acompanhou no Vaticano a missa inaugural do seu pontificado.

No fim da eucaristia, acompanhada por milhares de pessoas na Praça de São Pedro, o Papa argentino dirigiu-se à Basílica de São Pedro ao encontro de 132 delegações oficiais, incluindo a portuguesa, liderada pelo presidente Aníbal Cavaco Silva, e de representações de várias Igrejas cristãs e outras religiões.

O presidente da República Portuguesa, acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, e por vários elementos da embaixada portuguesa junto da Santa Sé, teve ocasião de felicitar Francisco e de fazer-lhe um convite “formal” para que venha a Portugal.

Cavaco Silva, já em Roma, tinha revelado aos jornalistas o desejo de receber o Papa argentino no país em 2017, para celebrar com os fiéis portugueses, no Santuário de Fátima, o centenário das aparições de Nossa Senhora, na Cova da Iria.

“Todos sabemos que em 2017 teremos o centenário das aparições de Fátima e recordo que pelo menos os dois últimos Papas, e em particular João Paulo II, manifestaram uma grande ligação a Nossa Senhora de Fátima. Numa data tão especial, desde já digo que me parece provável que o Papa Francisco não queira deixar de estar presente”, afirmou.

O presidente português espera que Francisco, de 76 anos, venha a Portugal também como chefe de Estado, como sucedeu com Bento XVI em maio de 2010.

No seu contacto com representantes políticos e religiosos de todo o mundo, o Papa argentino teve a oportunidade de dialogar brevemente com 31 chefes de Estado, seis soberanos reinantes, três príncipes herdeiros e 11 chefes de Governo.

A maior delegação internacional presente foi a do país natal do Papa, liderada pela presidente Cristina Kirchner, que já tinha realizado uma audiência privada com o sucessor de Bento XVI esta segunda-feira.

No que diz respeito ao mundo lusófono, destaque para a presença dos líderes políticos do Brasil, com Dilma Rousseff, de Timor Leste, com Taur Matan Ruak, de Angola, com o vice-presidente Manuel Domingos Vicente, e de Moçambique, com a ministra da Justiça Benvinda Levi.

A missa inaugural do pontificado de Francisco foi também acompanhada por representantes da Europa, como a chanceler alemã Angela Merkel, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, o primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, e os príncipes Felipe e Letícia, de Espanha.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar