0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-03-12 | Conclave: Maioria europeia nos eleitores

Sucessão de João Paulo II foi concluída em 17 dias, há oito anos

Lisboa, 11 mar 2013 (Ecclesia) – A Europa vai manter o maior número de cardeais no próximo Conclave para a eleição do sucessor de Bento XVI, com início marcado para terça-feira, reforçando a presença face a 2005.

O grupo de 115 eleitores está assim distribuído geograficamente: Europa - 60, América Latina - 19, América do Norte - 14, África -11, Ásia - 10 e Oceânia - 1.

Os países mais com mais cardeais entre as 48 nações representadas no Conclave são a Itália (28), Estados Unidos da América (11), Alemanha (6), Brasil, Espanha e Índia (5 cada), com mais de metade do total de eleitores.

O Papa emérito criou 90 cardeais, 67 dos quais eleitores, incluindo o português D. Manuel Monteiro de Castro, penitenciário-mor da Santa Sé, em fevereiro de 2012.

Em 2005, ano do último Conclave, os cardeais eleitores estavam repartidos geograficamente desta forma: Europa – 58, América Latina – 22, América do Norte – 14, África – 11, Ásia - 11 e Oceânia – 2.

O país mais representado era também a Itália (20), seguida dos EUA (11), Alemanha e Espanha (6 cada).

O último conclave iniciou-se a 18 de abril de 2005, duas semanas após a morte de João Paulo II, e terminaria na tarde do dia 19, com a eleição de Bento XVI como 264.° Papa da Igreja Católica.

Para que surja um novo pontífice requerem-se dois terços (77, neste caso) dos votos dos presentes, uma maioria qualificada que Bento XVI decidiu ser a única maneira de escolher o seu sucessor, em junho de 2007, acabando com as situações de exceção que permitiam uma eleição com metade dos votos mais um.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar