0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2013-01-01 | Vaticano: Bento XVI convida à descoberta da «paz interior»

Papa presidiu a missa no início de 2013, que a Igreja celebra como Dia Mundial da Paz

Cidade do Vaticano, 01 jan 2013 (Ecclesia) – Bento XVI iniciou hoje o novo ano com um apelo à redescoberta da “paz interior” e disse que a humanidade tem uma “vocação natural” para essa mesma paz.

“É a paz interior que queremos ter no meio dos acontecimentos às vezes tumultuosos e confusos da história, acontecimentos cujo sentido muitas vezes não conseguimos compreender e que nos deixam abalados”, disse o Papa, na homilia da missa da solenidade litúrgica de Maria Santíssima Mãe de Deus e Dia Mundial da Paz, no Vaticano.

Segundo Bento XVI, o desejo de paz é uma “aspiração essencial” e coincide com o anseio “por uma vida humana plena, feliz e bem sucedida”.

“Por outras palavras, o desejo de paz corresponde a um princípio moral fundamental, ou seja, ao dever-direito de um desenvolvimento integral, social, comunitário, e isto faz parte dos desígnios que Deus tem para o homem”, acrescentou.

O Papa estava acompanhado pelos responsáveis do Conselho Pontifício Justiça e Paz e as principais figuras da diplomacia da Santa Sé, a começar pelo secretário de Estado, cardeal Tarcisio Bertone.

Bento XVI retomou as preocupações que tinha deixado na sua mensagem para o Dia Mundial da Paz 2013 sobre um “capitalismo financeiro desregulado” e “diversas formas de terrorismo e criminalidade”.

“A paz é bem por excelência que deve ser invocado como um dom de Deus e, ao mesmo tempo, que deve ser construído com todo o esforço”,observou.

Os crentes, frisou o Papa, mantêm essa paz mesmo nas “dificuldades e os sofrimentos da vida”.

“Os sofrimentos, as provações e a escuridão não corroem, mas aumentam a nossa esperança, uma esperança que não decepciona”, concluiu.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar