0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2012-09-18 | Setúbal: Bispo quer que Ano da Fé deixe marcas de «renovação» e «santidade»

Início das celebrações na diocese está marcado para 14 de outubro

Setúbal, 17 set 2012 (Ecclesia) – O Ano da Fé, que os católicos assinalam entre o próximo dia 11 de outubro e 24 de novembro de 2013, deve ser uma oportunidade para rejuvenescer os católicos e torná-los mais santos, considera o bispo de Setúbal.

“Peço a todos que rezeis para que o Ano da Fé deixe marcas de renovação, de comunhão, de maturidade da fé e de santidade em toda a Igreja”, pede D. Gilberto Reis em Nota Pastoral publicada no site diocesano.

O documento revela que a abertura do Ano da Fé na diocese vai ocorrer a 14 de outubro, às 16h00, numa missa na catedral presidida pelo prelado e concelebrada pelo clero local.

O bispo pretende que a eucaristia conte com a participação de membros de todos os organismos eclesiais.

“Peço o compromisso de todos para que ninguém, na Diocese, fique à margem desta celebração quer como destinatário quer como agente. Todos perderíamos se algum de nós dissesse ou pensasse 'não é comigo' ou então 'eu não tenho nada para partilhar'”, frisa.

O prelado lança um apelo aos fiéis para que em todas as missas relativas ao dia 14 de outubro, domingo, rezem para que a diocese viva com “entusiasmo e sabedoria” o Ano da Fé.

D. Gilberto Reis, membro do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa, pede também aos católicos que à hora da missa na sé setubalense orem para que este período “a todos santifique”.

O texto convoca as comunidades a organizar um programa para o Ano da Fé “pequeno mas feito com seriedade e desejo sincero de o pôr em prática”.

“Neste ano, meditemos e saboreemos longamente a graça de professar a mesma fé que milhões e milhões de homens e de mulheres nos transmitiram e que professaram de forma tão profunda que, nalgumas ocasiões, preferiram morrer a serem impedidos de [a] confessar, viver, celebrar e ensinar”, aponta.

Acreditar em Cristo “dá acesso a um mundo fantástico mas real”, além de permitir descobrir “a beleza, a sabedoria, o encanto e a importância da fé para uma vida de qualidade”, acrescenta a nota.

O Ano da Fé foi proclamado pelo Papa Bento XVI através da Carta Apostólica “Porta Fidei”.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar