0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2012-05-25 | Solidariedade: Cáritas Portuguesa apresenta primeiros manuais para agentes de ação social

Projeto de âmbito nacional pretende dar «alguma unidade» à prática da Igreja

D.R.

Lisboa, 24 mai 2012 (Ecclesia) – A Cáritas Portuguesa apresenta este sábado, em Fátima, o primeiro módulo de novos manuais que pretendem oferecer conteúdos e competências aos agentes envolvidos em organismos católicos de apoio aos mais pobres, conferindo-lhes coerência na execução da sua atividade.

“Trata-se de um projeto de âmbito nacional e pretende-se alguma unidade em termos de espírito e prática de ação social em Igreja”, explicou hoje a autora, Joana Martins, acrescentando que a caridade, uma das dimensões essenciais da atividade das paróquias, é a que “parece estar menos apoiada em termos de reflexão”.

Os novos recursos, cujo módulo inaugural é dedicado à Ação Social Paroquial, têm como objetivo dotar os formadores de “ferramentas que facilitem o seu trabalho futuro como dinamizadores de grupos diocesanos e como formadores de agentes de ação pastoral social”, afirmou em entrevista publicada no site da Cáritas.

O lançamento integra-se na iniciativa “+ Próximo”, que visa apoiar as Cáritas das dioceses portuguesas a melhorar a eficácia da ação social católica, procurando que em cada paróquia exista pelo menos um grupo dedicado a ajudar as pessoas mais carenciadas, sem esquecer a coordenação das iniciativas dos organismos existentes e a formação dos seus agentes.

A licenciada em Ciências da Comunicação prevê que as principais dificuldades passam por motivar e envolver a rede de formadores que vai retransmitir os conteúdos nas suas dioceses, assim como mobilizar as pessoas para estarem presentes nas sessões formativas.

No encontro deste sábado na Casa de Nossa Senhora do Carmo, com início marcado para as 10h30, Joana Martins vai apresentar os primeiros manuais e às 15h30 o presidente da Cáritas Portuguesa, Eugénio Fonseca, explica as próximas etapas do projeto nas dioceses.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar