0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2012-05-03 | Saúde: Presidente da Cáritas sugere criação de «bolsa de cuidadores informais»

Eugénio Fonseca pede atenção aos utentes e comunidades locais

Fátima, 02 mai 2012 (Ecclesia) – O presidente da Cáritas Portuguesa propôs hoje em Fátima a “criação, qualificação e funcionamento” de uma “bolsa de cuidadores informais” na área da saúde.

Eugénio Fonseca falava durante o 24.º Encontro Nacional da Pastoral da Saúde, que decorre entre hoje e sábado, iniciativa promovida pela Igreja Católica e subordinada ao tema ‘Cuidados de saúde, lugares de esperança’.

O responsável considerou ser “desejável” que as unidades de saúde católicas contribuam “para a edificação do bem comum, sendo espaços de bem-estar e de esperança”.

“Podem concorrer para isso, nomeadamente, a sua integração no sistema nacional de saúde, o relacionamento com as famílias dos utentes e com as comunidades locais e, naturalmente, a gestão interna”, assinalou, numa intervenção enviada à Agência ECCLESIA.

O presidente da rede nacional da organização católica para a solidariedade apresentou a experiência da Cáritas em Portugal, sublinhando que “ser ou não saudável é uma situação que afeta a pessoa toda e todas as pessoas”.

“Estes são dois dos princípios orientadores da missão da Cáritas: o respeito incondicional pela dignidade de cada ser humano e a universalidade”, declarou.

Apresentando o caso concreto da Cáritas Diocesana de Coimbra, a única da rede Cáritas que assumiu a orientação de uma clínica e uma Casa de Saúde, Eugénio Fonseca explicou que “a dimensão da ação Cáritas e a sua natureza são expressão da responsabilidade eclesial e social que lhe permitem ser referencial dinamizador e transformador de toda a sociedade em prol do bem comum”.

A Cáritas de Coimbra gere o Centro viHda+, unidade de cuidados de longa duração e manutenção, com 45 camas para “grandes dependentes”.

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, e duas das antigas titulares do cargo, Leonor Beleza e Ana Jorge, são presenças anunciadas no encontro nacional.

O balanço dos 30 anos do Serviço Nacional de Saúde, riscos e vantagens dos hospitais públicos e privados, recursos humanos, medicamentos para os mais pobres e questões económicas constituem alguns dos temas do programa.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar