0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2012-04-12 | Igreja: Comissão Episcopal oferece guião para a Semana das Vocações

«Intimidade» com Deus suscita «interpelações inevi­táveis» que pedem «resposta», sublinha bispo responsável pela Pastoral Vocacional

Lisboa, 11 abr 2012 (Ecclesia) – A Igreja Católica disponibilizou um guião destinado à Semana das Vocações, que decorre de 22 a 29 de abril, com mensagens do Papa e do bispo português responsável pelo setor, bem como catequeses alusivas ao tema.

O caderno de 68 páginas inclui textos de Bento XVI e do presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios, D. Virgílio Antunes, conteúdos para crianças, adolescentes, jovens e adultos, uma “vigília vocacional” e os contactos dos Secretariados Diocesanos da Pastoral Vocacional.

Esta Semana desafia a Igreja a criar as “condi­ções necessárias” para que “os cristãos, sobretudo as crianças e os jovens, experimentem a alegria do encontro com o amor de Deus”, salienta D. Virgílio Antunes.

“Os meios são variados nas suas formas, mas incluem sempre a leitura da vida à luz da fé, a entrada em profundidade na oração e na escuta da Palavra de Deus, a inserção na vida da comunidade cristã, que celebra, evangeliza e pratica a caridade fraterna”, acentua o bispo de Coimbra.

O responsável destaca as implicações do “encontro” com “o rosto de Cristo, que ama o seu povo”: “Quando nos deixamos entrar livremente nessa intimidade da relação pessoal à qual a voz de Deus nos chama, sentimos interpelações inevi­táveis que não nos deixam ficar tranquilos enquanto não dermos uma resposta”.

A Semana, que se conclui a 29 de abril, 49.º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, “deve levar as comunidades locais, dioceses e paróquias, a reconhecer no padre, homem frágil como todos os outros, mas chamado e escolhido por Deus para receber a unção do Espírito e se tornar servo da Igreja”, refere.

D. Virgílio Antunes deixa uma “palavra de gratidão” aos jovens cristãos “por tantos bons testemunhos” que dão “na descoberta da fé e na abertura ao amor de Deus” e encoraja-os “a não desistir, porque esse é o caminho do compromisso eclesial e pode ser o caminho da descoberta da voca­ção sacerdotal”.

Referindo-se às “vocações de consagração, tanto no sacerdócio, como na vida religiosa ou nos institutos seculares”, o responsável sustenta que “a Igreja toda e em todos os seus membros” deve oferecer a Deus “uma grande oração de louvor e ação de graças” por esses “servidores”.

O caderno, disponível na internet, começa com a mensagem do Papa, intitulada “As vocações, dom do amor de Deus”, tema da Semana organizada pela Comissão Episcopal Vocações e Ministérios.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar