0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2012-03-20 | Lisboa: Ação sociocaritativa deve ser portadora do «amor universal de Deus», diz cardeal-patriarca

D. José Policarpo dedicou a sua quarta catequese quaresmal àqueles que são «rosto da Igreja» no meio dos desfavorecidos

Patriarcado de Lisboa| D. José Policarpo

Lisboa, 19 mar 2012 (Ecclesia) – O cardeal-patriarca desafiou os agentes sociocaritativos a serem portadores do “amor universal de Deus” junto dos mais fracos e desprotegidos, durante a apresentação da sua quarta catequese quaresmal, este domingo, na Sé de Lisboa.

Numa intervenção disponibilizada através da página do Patriarcado na internet, D. José Policarpo sublinhou a importância de “redescobrir” o amor como um “dom de Deus”, mais do que algo que está apenas apoiado na “força que vem da natureza humana”.

A intervenção social junto dos que sofrem, lembrou o cardeal-patriarca, ganha contornos de “verdadeira caridade” quando assenta na “comunhão” com Deus e na “novidade radical” da “Páscoa de Jesus”, que se entregou pelos homens.

“Só assim” é que o amor transmitido por aqueles que, no dia a dia, são “o rosto da Igreja” no meio da sociedade, passa a ser um gesto “universal”, que “não exclui ninguém” e do qual “não se pode desistir”.

D. José Policarpo reconheceu que “não é fácil” corresponder a este convite, no meio de um “ambiente cultural todo ele marcado pela dimensão horizontal, pelas capacidades do Homem”.

Este responsável mostrou-se, no entanto, convicto de que o tempo da Quaresma vem dar às pessoas a oportunidade de começarem a traçar um caminho diferente, “no silêncio e no amor da oração”.

“Basta estar atento às manifestações do amor de Deus” e uma vez compreendida a raiz da autêntica caridade, “todas as outras atitudes são chamadas a mudar”, salientou.

A quarta catequese do também presidente da Conferência Episcopal Portuguesa foi especialmente dirigida aos membros de instituições de solidariedade social, ligadas à Igreja Católica, e também a pessoas integradas em organizações da sociedade civil.

Todas as intervenções proferidas pelo cardeal-patriarca nos domingos da Quaresma - tempo litúrgico que serve como preparação para a Páscoa – estão integradas na Missão Metrópoles, iniciativa organizada pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização e que está a decorre na Diocese de Lisboa até 15 de abril, domingo após a Páscoa.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar