0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2012-03-11 | Fátima: Bispo saúda reabertura do Centro Pastoral Paulo VI

D. António Marto sublinha que aquela estrutura de acolhimento representa «outra dimensão» do santuário mariano, paralela às peregrinações

PR/Agência ECCLESIA| Bispo de Leiria-Fátima benzeu o renovado Centro Pastoral Paulo VI

Fátima, santarém, 10 mar 2012 (Ecclesia) – O bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, saudou hoje a reabertura do Centro Pastoral Paulo VI, realçando que aquela estrutura funciona como “coração do santuário” mariano, juntamente com os locais de culto ali existentes.

“Daqui também parte uma frescura para a saúde da Igreja e do mundo, como uma espécie de oásis espiritual que a todos oferece repouso e paz interior”, disse D. António Marto, durante a sessão de apresentação do edifício renovado, que foi acompanhada pela Agência ECCLESIA.

Inaugurado pelo Papa João Paulo II, em 1982, o Centro Pastoral Paulo VI tem servido, todos os anos, como ponto de acolhimento e dinamização de milhares de pessoas e centenas de grupos, associações ou movimentos ligados á Igreja.

No âmbito das comemorações do Centenário das Aparições de Nossa Senhora, marcadas para 2017, e para “revalorizar a qualidade e beleza” dos espaços que compõem aquela construção, o Santuário avançou em meados de2011 com um conjunto de obras de requalificação.

Os melhoramentos incluem a criação de um novo salão, no piso térreo, batizado com o nome João Paulo II, com capacidade para 140 lugares sentados, e a abertura de duas novas salas de reunião, cujas designações aludem ao ciclo de aparições à irmã Lúcia em Tuy e em Pontevedra.

Nos pisos -1 e -2, destaque para o alargamento e embelezamento do espaço de refeitório e para a renovação da zona dos quartos, respetivamente.

A construção de “poços ingleses” nos pisos inferiores vai possibilitar um maior aproveitamento da luz natural e a instalação de sistemas de segurança e tecnologia multimédia pretende melhorar o confortodos utentes.

O bispo de Leiria-Fátima espera que, depois de receber esta intervenção, o Centro Pastoral “possa dar a conhecer outra dimensão de Fátima”, que não apenas aquela “mais mediática”, relacionada com as peregrinações.

Um repto aceite pelo reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas, que se mostrou confiante de que a estrutura irá “corresponder à sua missão melhor ainda do que até aqui”.

fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar