0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2015-07-24 | Setúbal: Imagem Peregrina vai ajudar a «estar ao pé dos pobres»

Iniciativa decorre entre 25 de outubro e 8 de novembro

Setúbal, 20 jul 2015 (Ecclesia) – A Imagem Peregrina Nossa Senhora de Fátima vai estar na Diocese de Setúbal entre 25 de outubro e 8 de novembro para ensinar a "estar ao pé dos mais pobres" e preparar o Jubileu da Misericórdia.

“Ela nos ajudará a descobrir, acolher e testemunhar a misericórdia divina a todas as pessoas. E nos ensinará a estar ao pé dos mais pobres e fragilizados e a praticar, dia-a-dia, as 14 obras de misericórdia”, escreveu D. Gilberto Reis na Nota Pastoral sobre a visita, que é também uma preparação para o Jubileu da Misericórdia (de 8 de dezembro de 2015 a 20 de novembro de 2016).

A imagem começa o percurso na Diocese de Setúbal pela Paróquia de São Pedro da Marateca, a 25 de outubro, e depois de percorrer todas as vigararias, com um programa que “oportunamente se distribuirá”, parte para as comunidades de Évora, no dia 8 de novembro.

Para D. Gilberto Reis, a visita a Setúbal coincide com o final da segunda sessão do Sínodo dos Bispos dedicada à Família, em Roma, e revela que vão pedir a Nossa Senhora de Fátima “ajuda” para tornar as famílias nas “comunidades de vida, de amor e de fé que já são” pelo sacramento do matrimónio.

“Que nos ensine a apoiar os jovens e os noivos na descoberta do tesouro da família cristã e a estar atentos às famílias em sofrimento; que nos ajude a melhorar a pastoral da família”, pede ainda D. Gilberto Reis.

Neste contexto, o bispo de Setúbal revela que o próximo projeto pastoral diocesano tem como tema ‘Setúbal, evangeliza a família, com as famílias’

“Recebê-la implica também o desafio de escutar e de aceitar o convite para ir a Fátima em peregrinação física e espiritual; o desafio da oração e da conversão a viver como discípulo missionário de Jesus; o desafio de lutar contra o pecado e contra a cultura sem Deus; o desafio de cuidar dos mais pobres”, exemplificou.

Na Nota Pastoral, publicada no sítio online da Diocese de Setúbal, D. Gilberto Reis assinala que receber a imagem de Nossa Senhora de Fátima “é sempre uma graça” e frisa que assume maior destaque porque é um convite a participar no primeiro Centenário das Aparições na Cova da Iria em 2017.

O bispo de Setúbal recorda também a nota pastoral publicada pela Conferência Episcopal Portuguesa, sobre esta iniciativa.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar