0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2012-02-16 | Direitos Humanos: Vaticano e Grã-Bretanha unem-se em apelo pela liberdade religiosa

Comunicado conjunto sublinha necessidade de criar compromissos em favor dos mais pobres

Cidade do Vaticano, 15 fev 2012 (Ecclesia) – A Santa Sé e o Governo britânico lançaram hoje um apelo conjunto em favor da liberdade religiosa como um “direito humano fundamental”, pedindo ainda respeito pelas religiões “em todos os países”.

A posição é assumida no final de dois dias de conversações entre a Santa Sé, sob a presidência do arcebispo Dominique Mamberti, secretário do Vaticano para as relações com os Estados, e uma delegação ministerial da Grã-Bretanha, liderada pela baronesa Sayeeda Hussain Warsi.

O comunicado final do encontro, divulgado pela sala de imprensa da Santa Sé, fala na “necessidade urgente” de fortalecer o “compromisso universal” na defesa da liberdade religiosa e no combate à “intolerância e discriminação com base na religião”.

A iniciativa acontece no 30.º aniversário do restabelecimento de relações diplomáticas bilaterais e recordou ainda a visita de Bento XVI ao Reino Unido, em setembro de 2010.

O Papa recebeu esta manhã os membros da delegação britânica, que se avistaram também com o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone.

As duas partes manifestaram preocupações com a situação das pessoas que passam fome ou não têm acesso à educação e emprego, bem como das mulheres que morrem no parto.

“Em vista destes desafios, reconhecemos uma obrigação comum em encontrar um quadro financeiro e comercial internacional justo e iremos lutar por um futuro melhor para toda a humanidade, tendo em conta, de forma particular, o cuidado com as pessoas mais pobres do mundo”,pode ler-se.

O documento assinala a existência de “desafios significativos” para promover um “desenvolvimento humano integral” em todos os continentes e apela à ação diante das mudanças climáticas, tendo em vista a cimeira da ONU sobre desenvolvimento sustentável, no Rio de Janeiro, Brasil, em junho deste ano.

A Santa Sé e o Governo Britânico assume ainda um compromisso comum pelo reforço da atenção internacional sobre a “prevenção de conflitos, desarmamento, controlo e não-proliferação de armas”.

Num ano em que Londres acolhe os Jogos Olímpicos e a rainha Isabel II celebra o jubileu de diamante, nos 60 anos da sua ascensão ao trono, o comunicado conjunto deixa votos de que 2012 seja marcado pelo “serviço ao desenvolvimento harmonioso do homem, tendo em vista a promoção de uma sociedade pacífica”.

A nota oficial refere ainda a “boa troca de pontos de vista” sobre questões sociais, económicas, políticas e culturais.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar