0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2012-02-11 | Vaticano: Papa lembra cristãos que sofrem perseguições

Bento XVI enviou mensagem aos bispos italianos, destacando atualidade da fé em Jesus

Cidade do Vaticano, 10 fev 2012 (Ecclesia) – Bento XVI recordou esta quinta-feira os cristãos que enfrentam “sofrimentos e perseguições” por causa da sua fé, numa mensagem enviada aos bispos da Itália.

O texto foi lido durante a cerimónia de inauguração do congresso internacional ‘Jesus, nosso contemporâneo’, promovido pela comissão para o projeto cultural da Conferência Episcopal Italiana (CEI), que decorre até sábado, em Roma.

“Jesus de Nazaré, pelo qual ainda hoje muitos fiéis, em diversos países do mundo, enfrentam sofrimentos e perseguições, não pode permanecer confinado a um passado distante, mas é decisivo para a nossa fé hoje”, referiu o Papa.

A mensagem de Bento XVI elogia a escolha de “dedicar à pessoa de Jesus alguns dias de aprofundamento interdisciplinar e de proposta cultural”, frisando que o tema exerce “uma forte atracão”, mesmo entre quem não se assume como crente.

Segundo o Papa, a “evangelização da cultura” está fundada na “convicção de que a vida da pessoa e de um povo pode ser animada e transformada em todas as suas dimensões pelo Evangelho, para atingir em plenitude o seu fim e sua verdade”.

“A contemporaneidade de Jesus revela-se de modo especial na Eucaristia, na qual Ele se faz presente com a sua paixão, morte e ressurreição. É este o motivo que torna a Igreja contemporânea de cada homem, capaz de abraçar todos os homens e todas as épocas”, escreve.

Após a leitura da mensagem do Papa, o presidente da CEI, cardeal Angelo Bagnasco, afirmou que “Cristo sem a Igreja é uma realidade facilmente manipulável e rapidamente deformada por gostos pessoas, enquanto uma Igreja sem Cristo se reduz apenas a estrutura humana e, enquanto tal, estrutura de poder”.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar