0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2011-12-08 | Lisboa: Cardeal-patriarca quer diocese preparada para «assumir o dinamismo da Nova Evangelização»

D. José Policarpo admite necessidade de «contactar mais longamente com as comunidades»

Lisboa, 07 dez 2011 (Ecclesia) – O cardeal-patriarca de Lisboa quer uma diocese preparada para “assumir o dinamismo da Nova Evangelização”, no seguimento dos desafios propostos pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) e pelo Vaticano.

Num comunicado do Patriarcado, enviado hoje à Agência ECCLESIA, D. José Policarpo classifica a Nova Evangelização como “uma realidade fundamental da Igreja de Lisboa”.

O prelado recorda que aquela expressão foi proferida pela primeira vez pelo Papa João Paulo II “como um convite a vencer rotinas” e que “em todas as épocas em que a Evangelização foi mais viva, foi quando se fez a síntese entre a fé e a vida.”

Admite ainda a necessidade de “contactar mais longamente com as comunidades, em ordem à renovação da fé, da caridade e das formas concretas de exercerem a missão evangelizadora”.

Estas temáticas estiveram em destaque na última reunião do Conselho Presbiteral do Patriarcado de Lisboa, nos dias 29 e 30 de Novembro.

Os membros daquele organismo, uma espécie de “senado” do bispo que representa os padres de uma diocese, abordaram matérias como o documento da CEP sobre “Repensar a Pastoral da Igreja em Portugal” e o Sínodo dedicado à Nova Evangelização.

iniciativa vai ter lugar em outubro de 2012, na cidade de Roma, e como forma de preparação, o Patriarcado tomou parte este ano num congresso organizado pelo Conselho Pontifício para a Nova Evangelização.

Por intermédio daquele organismo, a Igreja de Lisboa vai também participar numa ação intitulada “Nova Evangelização a partir da Catedral”, em conjunto com outras 11 cidades europeias, prevista para o próximo tempo de Quaresma.

“A diocese procurará que todos estes dinamismos contribuam para uma maior atenção de fazer chegar a Boa Nova de Jesus Cristo a todos, não só aos que participam nas ações sacramentais mas também aos que estão fora da vivência eclesial”, sublinha a nota emitida pela diocese lisboeta.

“A época que a sociedade atravessa revela como é importante que haja uma renovação na forma como a Igreja assume a sua missão fundamental de levar aos homens o Amor de Deus no dom de Jesus Cristo”, acrescenta ainda.

Durante o encontro do Conselho Presbiteral do Patriarcado, foram ainda apontados outros “momentos importantes” para a vida da comunidade, como “a celebração próxima dos 50 anos da convocação do Concílio Vaticano II e a preparação para uma vivência séria e responsável do Ano da Fé convocado pelo Santo Padre”.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar