0 ITEMS
Share
Telefone. +351 212 751 000
   info@cristorei.pt
 
2011-11-23 | Coimbra: Fundo solidário apoia estudantes em dificuldades

Projeto do Instituto Universitário Justiça e Paz concretiza objetivo de construir uma sociedade mais equitativa

Lisboa, 22 nov 2011 (Ecclesia) – O fundo solidário do Instituto Universitário Justiça e Paz de Coimbra (IUJPC), criado há um ano e meio, já permitiu ajudar 30 estudantes com dificuldades económicas,através deum montante de 21 mil euros.

Em declarações ao Programa “70x7” deste domingo, na RTP2, a responsável pelo projeto, Raquel Azevedo, sublinha o “aumento dramático” de pedidos de ajuda, que se verificou desde o início de 2011.

“Até dezembro temos muitos pedidos e situações que são para resolver urgentemente” aponta a socióloga, salientando que este recurso é utilizado sobretudo para responder a “situações pontuais”, como pagamento de propinas, alojamento, alimentação ou material escolar.

A iniciativa tem como principal objetivo “envolver a comunidade académica” na procura de soluções para os que estão a ser mais atingidos pela crise, sempre em colaboração com uma rede de parceiros sociais da própria Universidade de Coimbra e da sociedade civil.

Segundo o padre Nuno Santos, que lidera os destinos do IUJPC desde 2008, este é apenas mais um dos muitos desafios que aquele organismo procura lançar ao mundo académico local, na procura de uma sociedade mais equitativa.

“É olhar para as pessoas não só com direitos e deveres mas tentar amar cada pessoa que entra nesta casa e tentar que cada pessoa possa de facto sair daqui mais rica”, sustenta o sacerdote.

Umafrase queresume a atuação do IUJPC desde que foi criado, em 1971 – na altura, a Igreja Católica portuguesa procurou responder aos apelos saídos do Concílio Vaticano II, que apontavam para um maior contributo dos leigos no sentido de “humanizar” a sociedade.

António Leite Garcia, antigo presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz, recorda que a paz não significa apenas “ausência de guerra” mas sim “promover toda uma ordem social com procedimentos, com práticas, com leis, com organizações que façam as pessoas mais felizes, que reduzam as desigualdades”.

Uma luta que o IUJPC tem procurado travar em ambiente estudantil, através de diversas valências, a mais importante das quais o Serviço Pastoral do Ensino Superior, comcerca de 100 alunos a darem testemunho da sua fé nas mais diversas áreas, incluindo o voluntariado.

Fonte: Agência Ecclesia

<<< Voltar